Páginas

17 fevereiro 2009

Cezzare Battiste, o Brasil agiu certo?

Antonio Negri, 75, é um filósofo italiano, professor da Universidade de Pádua (Itália) e do Colégio Internacional de Paris (França). Entre os anos 50 e 70, participou dos movimentos de esquerda na Itália, condenando tanto a direita quanto o stalinismo. Esteve preso entre 1979 e 1983, depois se exilou na França por 14 anos. Condenado por subversão, o filósofo voltou para a Itália em 1997 e cumpriu pena até 2003. Atualmente, divide seu tempo entre Veneza e Paris, cidades onde desenvolve atividades acadêmicas
Itália insulta o Brasil no caso Battisti, diz filósofo italiano Toni Negri
(Trecho Abaixo pelo autor do blog.)
O Brasil tem o direito de conceder asilo político diz o Art.4, X da CF.
Art. 4º - A República Federativa do Brasil rege-se nas suas relações internacionais pelos seguintes princípios: X - concessão de asilo político
Asilo Político é uma instituição jurídica que visa a proteção a qualquer cidadão estrangeiro que se encontre perseguido em seu território por delitos políticos, convicções religiosas ou situações raciais.
A Itália é um país que atualmente tem o governo de extrema direita, é contra imigrantes e agora quer que o Brasil se submeta a sua ordem de extraditar o asilado Político Cesare Battisti, para melhorar sua imagem pois quando estava na França teve o pedido de extradição negado por aquele país.
Segundo palavras do filósofo Negri, O Brasil é visto como país fraco e em via de desenvolvimento e assegura que se o italiano for extraditado será seguramente perseguido.
Frisa que na década de 70 a Itália perseguia os opositores e julgava sem direito de defesa, praticava os meios mais cruéis para que os opositores daquela época confessasem crimes e denunciassem companheiros.
A mídia está fazendo uma forte pressão sobre o Brasil para que este homem que acusam de terrorismo seja extraditado, afirma o filósofo Negri.
Desta forma diante de todos os fatos expostos será ou não perseguição a briga da Itália por este homem.
Uma pergunta fica no ar, aquele ex-banqueiro chamado Salvatore Cacciola que deixou um rombo no sistema financeiro brasileiro, proprietário do banco Marka, ao ser condenado por crimes financeiros e ter fugido para Itália, teve o pedido de extradição feito pelo Brasil atentido pelas autoridades italianas?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça seu comentário