Páginas

16 julho 2009

A quadrilha do Zé.

Aproveitando o clima de São João do "Vale Festejar"com o dinheiro da Petrobrás irregularmente aplicado; aproveita-se para dizer que Fernando Sarney foi indiciado por participação em formação de quadrilha entre outros crimes pela polícia federal.
E ainda tem mais bomba para estourar neste arraial, pois segundo o Senador Artur Virgílio, a operação Boi Barrica tem gravações em que José Sarney,"O Incomum', conversa com sua neta Beatriz, sobre a indicação de um namorado da garota para o senado através de um ato secreto, o que é mais que suficiente´para cassação do mandato de Zé Sarney.
Os princípios da administração pública: moralidade, publicidade, impessoalidade e legalidade, sendo desrespeitados "in totum", pelo clã diante do Brasil, sem que sejam punidos, pois o "companheiro" não deixa, uma vergonha para o Brail e para o Maranhão.
E neste imenso arraial do Maranhão, os principais personagens são da família Sarney, que todo o Brasil já sabe que estão querendo assim como no convento das mercês, agora do Sarney, se apropriar do senado, para que Sarney não saia nunca mais da cadeira de presidente do Senado, quem sabe até constrói outro mausóleu pra ele no lugar da cadeira e assim ficará eternizado como o senador mais corrupto da história, que se apropriou até do senado federal, como bem particular, personificando toda a amoralidade política.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça seu comentário