Páginas

01 junho 2009

Caso Alessandro Martins

O advogado Fabiano de Cristo Cabral Rodrigues renunciou a defesa do empresário Alessandro Martins e da empresa Euromar, por não pagamento dos honorários do escritório de advocacia Fabiano, Fábio & Fabiano Advogados Associados. O empresário Alessandro Martins foi comunicado da renúncia dos advogados num fax com a Notificação Extra-Judicial encaminhado a presidência da Euromar, no último dia 20 de maio. “Com propósito de por fim a uma relação profissional cominando com este ato a renúncia de diversos mandatos que nos foram outorgados por Vossas Senhorias, ao longo dos últimos 120 dias de demandas relacionadas com denúncias que foram formuladas no âmbito do órgão executivo de trânsito do Maranhão, Detran, bem como da Promotoria de Defesa do Consumidor, a Superintendência da Polícia Federal, a Delegacia DEIC, além da CPI instaurada perante a Assembléia Legislativa”, diz um trecho do documento. Fabiano de Cristo apontou que não obteve qualquer resposta positiva do pagamento parcial dos honorários advocatícios. “Até a presente data, lamentavelmente, apesar dos esforços para uma solução amigável, o escritório signatário não recebeu o pagamento de honorários previamente avençados, bem como, não foi ressarcido das despesas efetuadas no decorrer da prestação dos aludidos serviços jurídicos…”, aponta o documento do escritório Fabiano, Fábio & Fabiano Advogados Associados. Os advogados anunciaram que recorrerá a Justiça para receber os honorários devidos por Alessandro Martins e pela Euromar. “Ainda que lamentando, este escritório adotará providências no sentido de resguardar seus direitos ao pagamento dos honorários pelos serviços que prestou nos últimos meses, e o fará, vale anotar, por meio de ação judicial de arbitramento e cobrança no âmbito da Justiça”, afirmaram os advogados.
Comentários do Autor do Blog:
" Se correr o bicho pega e se ficar o bicho come"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça seu comentário