Páginas

09 dezembro 2010

LULA DEFENDE FUNDADOR DO WIKILEAKS

Da Folha.com

Lula pede manifestação contra prisão do criador do WikiLeaks

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta quinta-feira que deveria haver protesto contra a prisão de Julian Assange, proprietário do site WikiLeaks que vem vazando documentos diplomáticos. Afirmou que o erro não é dele que divulgou, mas dos diplomatas que fizeram os documentos.

'O que acho estranho é que o rapaz que estava desembaraçando a diplomacia foi preso e eu não estou vendo nenhum protesto contra a liberdade de expressão. Não tem nada contra a liberdade de expressão de um rapaz que estava colocando a nu um trabalho menor que alguns embaixadores fizeram', disse, durante balanço do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), no Palácio do Planalto.


LulaLula disse que não sabe se os embaixadores brasileiros transmitem os telegramas, mas afirmou que a presidente eleita, Dilma Rousseff, terá que ser comunicada. 'Ela vai ter que dizer para o seu ministro que, se não tiver o que escrever, que não escreva bobagens. Passe em branco a mensagem', afirmou.

O presidente criticou a busca mundial feita por Assange. 'Ele desnuda a diplomacia, que parecia inatingível e a mais certa do mundo, e começa uma busca.Não sei se colocaram cartaz como no tempo do faroeste, procura-se vivo ou morto, e prenderam o rapaz. Não vi um voto de protesto', disse.

Lula pediu aos assessores que comecem a fazer manifestação no Blog do Planalto. 'Vamos fazer o primeiro protesto então contra a liberdade de expressão na internet porque o rapaz estava colocando lá apenas o que ele leu. E se ele leu é porque alguém escreveu. O culpado não é quem divulgou, mas quem escreveu a bobagem. Então, que fique aqui meu protesto', afirmou o presidente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça seu comentário