Páginas

02 dezembro 2010

Caso Mayara Petruso

Tenho me surpreendido com atitudes de pré-conceito contra diferentes tipos de grupos sociais pelo Brasil e mundo afora.
Entretanto fica uma certeza.Estava lendo um artigo que não me recordo onde, e li o seguinte trecho que me lembro vagamente.
"Se um  pai tem um filho homossexual e tenta "corrigir" sua sexualidade através de tapas, chicotadas, agressões, o pai vai demonstrar para o filho que ser homossexual, seria errado e assim fazer com que ele estapeie,(espanque, mate) todos os homossexuais que encontrar pela rua.
Conclusão:Todo mundo nasce sem opiniões, mas estas vão sendo formadas no seio da família.
Exemplo: Se a família é machista, passará toda a carga de valores para os filhos, fazendo com que eles reproduzam esse comportameto.
 Afinal nunca vi pé de maçã, dar goiaba.
Em relação ao caso de Mayara Petruso, a menina foi infeliz ao reproduzir o comportamento de pré-conceito contra seus "irmãos" do nordeste.Vai ver, influenciada por parte das notícias ruins da mídia sobre o nordeste, ou quem sabe por estar imersa em um grupo espúrio que se autoproclama raça superior.

A partir de agora, já considero feita  a minha parte como cidadão nordestino e brasileiro, deixo pra OAB, MP e JUÍZES, resolverem o caso desta lesão a ordem jurídica e ética por parte desta "universitária esclarecida".









Um comentário:

  1. Quanto sensacionalismo hein? Vocês não cansam de bancar os coitadinhos não????

    Eu sou nordestino e não dou a mínima para o que essa garota disse, e a meu ver, as pessoas que dão importância para o que ela diz é mais IDIOTA do que ela!!

    Vai caçar o que fazer cara!!! Vai lavar uma louça, vai fazer algo de útil ao invés de ficar aqui chorando feito uma bixinha ofendida!! ¬¬

    ResponderExcluir

Faça seu comentário