Páginas

28 março 2010

Para refletir neste domingo

Vou falar do "Caso Isabela".
A menina Isabela virou uma estrela mirim do sensacionalismo midiático brasileiro dos telejornais e programas atrás de audiência.
A cobertura do caso deixou de ser informativa e passou a ser apelativa, com debates de advogados e super exposição de "opineiros" sobre o caso.
A sociedade exagerou na dose, clamando por justiça como nos tempos medievais em que pediam a cabeça do "suposto culpado".
Não estou defendendo a "impunidade", mas estou defendendo a razoabilidade e o contradidório, que os pais da menina não tiveram, apesar de terem vários indícios contra o casal, a sua sentença já havia sido dada desde a trágica morte da criança Isabela.
Os jornais ganham dinheiro; as televisões audiência;o promotor notoriedade; advogados publicidade; a sociedade uma satisfação passageira de eliminação do Big Brother.E a "justiça" cumpriu sua função?
Na minha opinião o julgamento foi tendencioso e parcial, apesar do crime pervesso, vivemos em uma sociedade evoluída em relação aos barbáros da sociedade medieval e deveria ter sido conduzido de forma mais humana aquele julgamento.
Torno a ressaltar não defendo o casal, mas como estudante de direito e pessoa humana, defendo o princípio da dignidade humana para todos.

2 comentários:

  1. Muito bem, Rafael!
    Gostei das palavras sensatas do seu texto.
    É assim mesmo que penso, acredito que ninguém tenha dúvidas de que eles já entraram naquele julgamento com suas sentenças prontas. A opinião pública já estava formada. Não precisava daquela publicidade toda, enfim, como tratava-se de pessoas de classe alta, a coisa mudou de figura.
    O que ocorre também, é que a clareza da autoria do delito foi tanta que chocou e causou esse alvoroço todo.
    Pelo menos, não tenho dúvidas da autoria, as provas são contudentes.
    Porém, o homem erra, o julgador erra, por essa razão um julgamento imparcial é fundamental.
    Achou tempo para atualizar? rsrs

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pelo comentário em meu blog. Ai está o meu email: pamelavidas@hotmail.com

    sou aluna de Direito e há muitas coisas interessantes aqui!

    ResponderExcluir

Faça seu comentário