Páginas

23 janeiro 2009

O que importa é o poder.

O Senado está passando por um processo eleitoral em que será escolhido o novo presidente, sendo que que concorrem apenas dois candidatos. Um candidato é um velho conhecido político, muito hábil na arte de se aproximar dos que estão no poder e um leão pronto para devorar seus adversários. O outro candidato tem uma trajetória mais recente na política brasileira, é formado em medicina e foi eleito senador pelo acre tendo passado pela presidência do senado após o senador Renan ter sido afastado. A disputa promete ser acirrada pois quem compete com a velha raposa está sujeito a qualquer tipo de ataque , pois uma cria daditadura e trasicionista para a democracia está disposto a tudo pelo poder. Esta aí uma amostra ao presidente Lula de quem anda acompanhado pois até outrora era um fiel aliado, amparado por altos cargos e até favores pessoais e neste momento tornou-se aquele calo insuportável para o ex-sindicalista que esperava contar com o apoio deste aprendiz de Maquiavel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça seu comentário