Páginas

15 janeiro 2009

A justiça fará justiça?

O desembargador Bayma adotou uma posição inusitada frente a onda de pressões que está sofrendo por parte de alguns interessados em não ser incomodados.É uma demosntração de coragem e retidão de espiríto, pois o nobre desembargador está ciente da repercussão obtida sobre o caso da "venda de sentenças" após sua denúncia.
Deste modo o Ilustre desembargador deve estar atento as investidas de inimigos que podem querer manchar sua imagem, pois deverão usar de falácias uma vez que não podem atacar sua conduta íntegra, de denunciar o caso estampado no ceio do judiciário de venda de sentenças(liminares).
Os maiores homens da história humana sempre quebraram os tabus e enfrentaram desafios, após este acontecimento e apuração dos culpados a Justiça terá feito justiça e o nobre desembargador colherá os louros da coragem e bravura por ter denunciado estas mutações da Justiça.
Siga em frente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça seu comentário